Microscopia + Laserterapia + Sedação óxido nitroso + Ozonioterapia

Comecei um tratamento de canal e não terminei. Posso continuar?

Comecei um tratamento de canal e não terminei. Posso continuar?

Infelizmente, a maior parte das pessoas só procura o dentista quando está sentindo dor.

Isso prejudica o tratamento de canal que é feito em mais de uma sessão, pois na primeira consulta é realizada a pulpectomia (retirada da polpa), cessando a dor do paciente.

A pessoa quando está sem dor, tende a se acomodar e não volta para finalizar o tratamento. Isso pode ocorrer por medo, falta de tempo ou impaciência.

E aí surge a principal dúvida: “é possível continuar o tratamento que já comecei e salvar meu dente?”.

Bom, nessa circunstância temos um grande problema, o curativo provisório colocado para fechar o dente entre sessões do tratamento de canal não tem tamanha resistência à força da mastigação e é mais susceptível à infiltração.

Isso faz com que entre bactérias dentro canal radicular, ou até mesmo cause uma fratura, que pode se estender até a raiz e ter que extrair o dente. Em alguns casos, ocorre de forma silenciosa, sem que o paciente sinta dor, e quando vai ver, o dente já está perdido.

Se você está nessa situação de ter começado um tratamento e não sabe se é possível finalizá-lo, esse post foi feito exatamente para você.

Além de responder se é possível continuar um tratamento já iniciado, vamos mostrar o que pode fazer no pós-tratamento e como cuidar do seu dente tratado para que ele não venha a precisar passar por um retratamento.

Quando um tratamento é considerado totalmente finalizado?

Um tratamento de canal é considerado totalmente finalizado quando é feita a desinfecção, modelagem, obturação dos canais radiculares e após isso, a restauração definitiva, com materiais adequados e resistentes.

Sem essa restauração, o dente que passou pelo tratamento de canal ficará fragilizado e mais propício a fraturas e infiltrações, pois o curativo colocado pelo endodontista é apenas provisório e menos resistente.

Agora, se nem a desinfecção e a obturação (vedação) dos canais foram feitas de forma completa, aí os riscos são maiores. Nesta situação, o canal se torna um ambiente favorável para a proliferação de bactérias.

Então, ao passar pelo procedimento de canal, não deixe de terminar o tratamento. Além de aliviar as dores, evita um retratamento e até mesmo a perda do dente.

Depois de terminar o tratamento, leve uma vida normal

Um dos motivos que levam as pessoas a não terminar um tratamento é a impaciência para levar a vida normal após um procedimento de canal.

Muitos perguntam: “Fiz um canal hoje, posso malhar, trabalhar ou consumir bebida alcoólica?”. Essas são perguntas recorrentes sobre os cuidados pós tratamento. E a resposta é a melhor possível: Sim, você pode fazer tudo isso normalmente.

O único cuidado que temos que lembrar é em relação às atividades físicas. É importante tomar cuidado com o tipo de exercício que você pratica. Por exemplo, se você faz algum tipo de luta, use o protetor bucal.

Mas se for qualquer outro tipo de exercício, não tem problema. Na verdade, o cuidado primordial que você deve ter é não mastigar com o dente que passou pelo tratamento enquanto não fizer a restauração definitiva.

Como cuidar do dente que passou pelo tratamento de canal

Depois que o tratamento de canal é finalizado, é preciso ter o mesmo cuidado que os outros dentes.

Apesar desse dente estar “morto”, pois a polpa foi removida e o canal preenchido com material obturador, ele continua sendo um vulnerável à cárie como qualquer outro. Por isso, você deve manter uma boa higienização.

Caso contrário, a restauração usada para fechar o dente poderá ser cariada, assim como o restante de estrutura de dente. Dependendo da profundidade dessa cárie pode ser necessário retratar o canal.

Além disso, é importante ir pelo menos 1 vez ao ano ao dentista para ver se a restauração está bem adaptada ao dente.

E também, nos 2 anos seguintes ao procedimento, fazer um acompanhamento por meio de exames raio-X para saber se houve surgimento, redução ou aumento da lesão apical (infecção).

Conclusão

Se você começou um tratamento de canal e não terminou, procure já um endodontista, pois há chances de o dente ainda estar infectado por bactérias.

Na maioria dos casos, essa “fuga” se dá por medo. Se esse também for o seu caso, você precisa conhecer a sedação óxido nitroso. Ela vai te ajudar a termina o tratamento numa tranquilidade que você nem imagina.

Depois que o dente for tratado corretamente tratado e finalizado com a restauração, você deve manter uma boa higienização bucal e fazer um check-up a cada 6 meses, já que a cárie pode surgir de novo.

Não esqueça que o dente que passou pelo procedimento e depois foi restaurado adequadamente tem uma eterna durabilidade.

Gostou do post? Ainda tem alguma dúvida sobre a continuação de um tratamento de canal já iniciado? Não esqueça de deixar um comentário abaixo ou de entrar em contato conosco. Teremos prazer em responder!

Compartilhe

Leia Também

Deixe seu comentário

Busca

Endodontia microscópica digital

Endodontia Microscópica Digital

Agende Sua consulta

NOME*

E-MAIL*

TELEFONE*

DATA DE pREFERÊNcia*