Microscopia + Laserterapia + Sedação óxido nitroso + Ozonioterapia

Procedimentos

Ozonioterapia

Nos tratamentos endodônticos, são utilizados alguns métodos para deixar o procedimento mais seguro e benéfico. E um desses métodos é a Ozonioterapia.

Ela é uma terapia natural, com poucas contraindicações e pequenos efeitos colaterais.

O que é ozonioterapia ?

É o uso do ozônio para fins terapêuticos. O ozônio possui uma potente ação antimicrobiana (sobre vírus, bactérias e fungos) e modulador do sistema imune e circulatório.

Isso explica o grande espectro de aplicação na área médico-odontológica.

Como o ozônio atua no organismo ?

A ação do ozônio varia de acordo com a sua concentração. Em altas concentrações, ele terá uma ação antimicrobiana.

Em baixas concentrações, tem ação bioestimuladora, favorecendo os processos de reparo e cicatrização.

Como a ozonioterapia ajuda no tratamento endodôntico ?

Em 2015, o Conselho Federal de Odontologia reconheceu e regulamentou o uso pelo cirurgião-dentista da prática da ozonioterapia.

A ozonioterapia é utilizada na endodontia para potencialização da fase da limpeza do sistema de canais radiculares, ou seja, potencializa a redução de microrganismos durante o tratamento endodôntico.

Além disso, também proporciona a bioestimulação, favorecendo o reparo dos tecidos periapicais (tecidos ao redor da raiz do dente).

Portanto, além de deixar o tratamento mais seguro, proporciona mais conforto ao paciente por amenizar consideravelmente os sintomas e acelerar a regeneração.

Quais as contraindicações da ozonioterapia ?

A ozonioterapia é um método extremamente seguro.

Um levantamento feito pela Associação Alemã de Ozonioterapia pontuou como efeito colateral a porcentagem de apenas 0,0007%. Portanto, na odontologia, os efeitos adversos são mínimos. Sobre isso, não há relatos na literatura.

Na endodontia, o profissional deve ter conhecimento da concentração necessária para indicação e utilização em cada caso.

É importante lembrar que a ozonioterapia deve ser feita de forma que o dentista e o paciente não inalem o gás. Ou seja, o sugador deve estar sempre próximo ao local de aplicação, evitando, assim, qualquer intercorrência.

A Dra. Laís e o Dr. Josias utilizam a ozonioterapia desde 2017, com diversos casos de sucesso e grande melhora no conforto de seus pacientes.

Compartilhe

Veja outros procedimentos

Endodontia Microscópica Digital

Agende Sua consulta

NOME*

E-MAIL*

TELEFONE*

DATA DE pREFERÊNcia*